06/11/2020

PESQUISA PRÁTICAS DE ENFERMAGEM NO CONTEXTO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

Enfermeiros da Atenção Primária à Saúde (APS) e da Estratégia Saúde da Família (ESF) com três anos ou mais de atuação são foco de uma pesquisa nacional e inédita intitulada “Práticas de Enfermagem no contexto da Atenção Primária à Saúde (APS)”.

Essa é uma iniciativa do Sistema Cofen/ Conselhos Regionais de Enfermagem e realizada pelo Núcleo de Estudos em Saúde Pública (Nesp) da Universidade de Brasília (UnB), em parceira com diversos órgãos da saúde. A pesquisa tem como objetivo compreender as práticas de Enfermagem, os cenários de atuação e os perfis de enfermeiros e enfermeiras do Brasil, a partir da aplicação de questionário on-line e realização de entrevistas com profissionais de todo o país.

Estima-se que no Brasil 35 mil enfermeiros atuam na APS, os quais são responsáveis pelo cuidado individual, família e comunitário, contribuindo para os bons resultados do sistema de saúde, embora enfrentem diversos desafios.

Para se ter uma dimensão do quadro de dificuldades enfrentadas, as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) do Sistema Único de Saúde (SUS), que atuam nos serviços primários, são responsáveis e devem dispor de capacidade resolutiva de 85% dos problemas de saúde mais prevalentes na população. Nesse sentido, conhecer práticas clínicas especializadas e baseadas em evidências científicas é uma estratégia para mudanças diante do quadro de dificuldades enfrentadas por estes profissionais.

Os resultados desta pesquisa contribuirão para produzir conhecimento científico, regular a profissão da Enfermagem e subsidiar gestores na elaboração e implementação de políticas públicas.

A ação também envolve o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), a Associação Brasileira de Enfermagem de Família e Comunidade (Abefaco) e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS).

Aqui em nosso estado, a Universidade Federal do Pará é quem está responsável por coordenar e monitorar a pesquisa, por meio de um grupo de pesquisadores, sob a coordenação da Profª Dra. Glenda Ferreira.

Dúvidas sobre a iniciativa podem ser encaminhadas para o e-mail do Laboratório de Educação, Comunicação e Informação em Saúde da Faculdade de Ciências da Saúde (Ecos/FS/UnB): ecos@unb.br.

Acesse o link https://bit.ly/32zMV8i e participe!




  • coren5-181x116
  • transferencia
  • e-dimensionamento1-207x117
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • BannerLateralSaudeEvidencias-207x114
  • BannerLateralMunean-207x111