16/10/2018

Docentes participam ativamente na formação do profissional de enfermagem e são referências da educação na área da saúde

 

A enfermeira e professora Alzira Simor atuou durante 35 anos, na Escola de Enfermagem do Pará.

A dedicação e o amor pela profissão de “Professora”, fez com que a educadora continuasse a atuar nas salas de aula por 35 anos. Sua carreira começou na Escola de Enfermagem do Pará, como Diretora da instituição. Hoje com 82 anos ela diz que “O Professor da enfermagem tem que dar exemplo aos estudantes, para que os mesmos se tornem futuros e responsáveis enfermeiros”.

Alzira conta ainda que, frequentemente, encontra ex-alunos e se sente lisonjeada quando é reconhecida pelos profissionais que ela, no passado, dedicou seu tempo. “Eu fico tão feliz quando encontro meus ex-alunos. Recebi um abraço outro dia tão apertado, e a seguinte frase: obrigada por me ensinar ser o que eu sou: uma Enfermeira”, Conta.

Sobre a valorização e o respeito do professor com a educação, em especial, a enfermagem, Alzira destaca “O educador possui um carinho, um respeito e uma admiração pela profissão que exerce. Professores que trabalham, que lutam pela profissão merecem ser valorizados, pois todos os profissionais da área são grandes exemplos para a sociedade ”.

Dra. Rosineide Tavares é docente e Diretora da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal do Pará.

Outra profissional de destaque na área da saúde é a Diretora da Faculdade de Enfermagem da UFPA, Dra. Rosineide Tavares, 56. Para ela o profissional da educação tem um papel fundamental na hora de propagar o conhecimento e de incentivo ao ensino. “Nós, educadores, atuamos como estimuladores de ideias, de produção, de conhecimento, de reflexões, de sonhos e projetos de vida”. Ainda de acordo com a Diretora, a difusão da instrução de ensino por parte do educador deve ser importante sempre. “É preciso estimular o aprendizado do aluno, por isso há necessidade do docente se atualizar. Tem que estimular o pensamento crítico e reflexivo. O professor em sala é um exemplo positivo para os alunos”, Conclui.

Sobre trabalho em equipe, em formar novos profissionais da enfermagem juntamente com outros docentes da educação, Rosineide fala da emoção e ressalta “A cada formatura a emoção se faz presente. Nesse momento tão importante para nós e, claro, para os alunos, percebemos o quanto somos responsáveis na condução do aprendizado de cada formando que sobe ao palco realizado, cheio de emoção.

 

 

Dr. Marcelo Mendes atua como docente há 11 anos.

E os docentes da enfermagem continuam a mostrar a sua importância. “Dentro desse processo de construção de novos saberes, de novos conhecimentos, os atores sociais envolvidos são os alunos e os professores. O aluno tem que está disponível para querer receber do professor aquilo que, de fato, ele já tem construído, em função de vivências acadêmicas, profissionais e experiências. Em contrapartida o professor precisa dessa disponibilidade em compartilhar esse conhecimento ”, Explica o Dr. Marcelo Mendes, 38, que faz parte da equipe de docentes do ensino superior, na Faculdade Metropolitana da Amazônia. Atualmente, Mendes, é orientador de TCC e ministra aulas nas modalidades de graduação e pós-graduação. Ele afirma, também, que “Tento possibilitar aos meus alunos a dimensão da enfermagem enquanto profissão, de mostrar para eles (os alunos) que existem vários nichos, vários campos de atuação, que o mercado ainda precisa de profissionais capacitados, qualificados, com um conhecimento cientifico. Hoje em dia não dá para se fazer um curso de enfermagem, sendo repetidora de tarefas, ou seja, precisa de fato fazer uma enfermagem baseado em evidências.”, Finaliza.

 

Ascom – Coren/Pa




  • coren5-181x116
  • transferencia
  • e-dimensionamento1-207x117
  • BannerLateralAnjosEnfermagem-207x117
  • BannerLateralSaudeEvidencias-207x114
  • BannerLateralMunean-207x111